SENSAÇÃO BOA !!!! DURANTE A MADRUGADA UM ROCK AND ROLL ...
  

Para quem está louco para ver o filme que o Sean Penn dirigiu baseado no livro "Na Natureza Selvagem", o trailer já está disponível no youtube.Acabei de ver no blog do Bortolotto.Acho que o filme é muito mais que o trailer,assim espero.Nos States vai ser lançado no dia 21/09/2007.Tomara que não demore para chegar aqui.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 05h04
[] [envie esta mensagem] []


 
  

NÃO POR ACASO

 (Rodrigo Santoro e Branca Messina)

Filmaço.Entrou na minha lista dos filmes nacionais mais legais.

Divulgação

Rita Batata e Leonardo Medeiros(Enéias,você que é fã do Medeiros,tenta ver esse filme).



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 04h02
[] [envie esta mensagem] []


 
  

A Culpa É De Quem?

Planet Hemp

Trabalho oito horas sete dias por semana só por fumar uma erva eu vou entrar em cana

Deputados cheiram e bebem e não vão para prisão porque é ilegal?

Eles que lesam a pátria e sou eu o marginal

Não seja alienado eles falam que faz mal e você aceita calado

Procure se informar

Uma erva natural não pode te prejudicar

Quem de nós está errado?

Você consome estas merdas e eu fumo um baseado

No que você pensa então?

Eles pegam a palmatória e você estende a mão

Desde pequeno você é induzido a fumar induzido a beber e vendo a tv falar

Digam não as drogas, use camisinha e para de brigar

Mas beba muito álcool até a sua barriga inchar

O que você tem na cabeça?

Tudo que eles te falam você acha uma beleza

Aprenda a dizer não

Pense um pouco meu irmão

Você tem medo de quem?

Eu fumo a minha erva e não faço mal a ninguém quem?

A culpa é de quem?



Portugueses escravizaram e mataram nosso irmão

Militares torturam e não foram pra prisão

Eu fumo minha erva e me chamam de ladrão

Os negros já fumavam erva antes da África deixar

Mas os senhores proibiram por não querer nos libertar
E os senhores de hoje em dia estão proibindo também se o pobre começa a pensar

Parece que incomoda alguém

Crianças crescem nas ruas não confiam em ninguém escondem nossa cultura referência ninguém

O País ta uma merda e a culpa é de quem?

A culpa é de quem?

Manipulam as leis e vêm com um papo furado

Tudo que incomoda a eles, eles dizem está errado quem é o marginal?

Crianças morrem por sua culpa e eu vivo ilegal

Tenho que me esconder por uma coisa natural enquanto eles metem a mão na maior cara de pau

Não vou ficar calado porque está tudo errado

Políticos cruzam os braços e o país está uma merda

Trabalho pra caralho e fumo minha erva e aí eu pergunto,

A culpa é de quem?



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h56
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Como você gostou do texto,então aí vai:

"Penso que pode ser falta de fé.Eu gostaria de ter aquela alegria imbecil,aquela alegria de quem não questiona nada,de quem não sabe de nada,de quem nem tá interessado em saber nada.Só em ser feliz,ter uma família e filhos,um trabalho normal e sei lá mais o quê.Tudo começou muito cedo-essa agonia e vocação pra decepção.Duvidava que Deus pudesse ver tudo.Quando descobri o tamanho do universo então,minha crença nele desmoronou.Por que diabos,com um universo gigantesco,ele iria se incomodar com meu dedo machucado, depois com meu coração partido,depois com meus miolos escorrendo da parede?Cresci com uma sensação de abandono incomensurável.Deixei pra trás a primeira menina por quem me apaixonei,depois a cidade,depois esqueci da onde e quem eu era e o que exatamente estava fazendo ali.Mesmo assim,segui rezando.Rezando para que eu estivesse errado e ele me desse uma prova disso,uma prova contundente,enquanto olhava pro teto escuro madrugada adentro no mais profundo silêncio.Ela veio.Eu me assustei com toda aquela luz e tive medo de morrer.Mais um erro.Sabia que deveria ter acreditado que deveria ter tido fé.Isso foi demais pra ele.Foi demais pra mim,com toda a certeza.Hoje quando ouço que Deus não existe,fico de canto e falo baixinho:vai chegar a tua vez.Se ela  chegar,não tenha medo,não seja cuzão e passe pela porra de luz que cega.Quem sabe ele te conta as coisas que eu sempre quis saber.Quem sabe você volta e eu posso perguntar e acabar com toda a agonia de uma vida inteira."

(Rubens K)



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h16
[] [envie esta mensagem] []


 
  

"As pessoas dizem que irão rezar por mim

Rezam pra que eu consiga ver as coisas como são

Rezam como se fosse uma praga, uma doença

Rezam pela salvação

Rezam como se eu tivesse cometido algum crime

Rezam achando que estão certos

Na realidade quem reza sou eu

Rezo para que os horizontes se abram

Rezo para alguma coisa milagrosa

Rezo pra que eles vejam, que eu vejo além

Rezo para que o mundo seja menos egoísta

Rezo para que ninguém duvide da inteligência alheia

Rezo para que as pessoas respeitem as diferenças, que são essenciais.

Pediram-me pra que eu ande com a religião, ela irá me salvar.

Querem me salvar do Amor."

(Hadil



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h13
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Vocês já ouviram as palavras do comentário?

Quando enviamos comentários nos blogs,em vez de digitar aquelas palavras para confirmar o envio,dá para ouvir.Inusitado.Direto eu faço isso,já que meu computador,chega uma hora que cansa e não aparece mais nada.Só ouvindo mesmo.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h11
[] [envie esta mensagem] []


 
  

São todos meus discípulos



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h04
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Você vê como são as coisas:Quase 1 ano e meio depois,a Hadil achou o cd do Bruce Springsteen que estava com ela.É um álbum duplo,pô,nesse lado(que estava com ela),assim podemos dizer,tem a maravilhosa "Jungleland",a "If I Should Fall Behind",em que todos da E Street Band cantam.Yeah! Agora sim já posso casar com a Hadil(rs).Pierre,você queria emprestado né?



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 02h55
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Joãozinho chega para seu pai e diz:

-Pai,preciso fazer um trabalho para a escola.Posso te fazer uma pergunta?

-Claro,meu filho.

-O que é política,papai?

-Política,meu filho,envolve povo,governo,poder econômico,classe trabalhadora e o futuro do país.

-Não entendi.Dá pra explicar?-pergunta Joãozinho.

-Bem,vou usar nossa casa como exemplo.Sou eu quem traz dinheiro para casa.Sou o poder econômico.Sua mãe administra,gasta o dinheiro.Ela é o governo.Como nós cuidamos das suas necessidades,você é o povo.Seu irmãozinho é o futuro do país  e a Zefinha,babá dele,a classe trabalhadora.Entendeu?

-Mais ou menos,pai.Vou pensar.

Naquela noite,acordado pelo choro do irmão menor,o menino foi ver o que havia errado.Descobriu que o irmãozinho tinha sujado a fralda e estava todo emporcalhado.Foi ao quarto dos pais e a mãe estava num sono muito pesado.Foi ao quarto da babá e viu,pelo buraco da fechadura,o pai na cama com ela.Como os dois nem perceberam as batidas que o menino dava na porta,ele voltou para o quarto e dormiu.

Na manhã seguinte,na hora do café,falou para o pai:

-Acho que entendi o que é política!

-Ótimo,filho!Então me explique.

-Bom,pai é assim:enquanto o poder econõmico fode a classe trabalhadora,o governo dorme profundamente.O povo é totalmente ignorado e o futuro do país fica na merda!

 



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 02h30
[] [envie esta mensagem] []


 
   "Eterno como um minuto sem explicação"(Trecho da música Fora do Mapa,do Dead Fish).

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 08h25
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Exílio

Dead Fish

O mesmo céu, a mesma cor
Quanto tempo passou?
Não há mais o que provar
Recomeçar em outro lugar
Que relevância pode existir
em lamentar agora o que não fez?

Se arrepender por cometer
Os mesmos erros outra vez
Sem algo em que acreditar
Não posso mais ficar aqui

Quem vai poder reconhecer
certezas que viraram pó?
Abandonar o que conquistou
Escolhas que não tem retorno
Inventar outra verdade
E buscar o que nunca imaginou

Se arrepender por cometer
Os mesmos erros outra vez
Sem algo em que acreditar
Não posso mais ficar aqui
Não posso mais

O que ficou pra trás
Não deve te prender
Impossível alcançar
Pois não existe mais
O que você ganhou...
O que você perdeu...
São mais do que lições

Se arrepender por cometer
Os mesmos erros outra vez
Sem algo em que acreditar
Não posso mais ficar aqui

Não somos mais os mesmos
Nem antes, nem depois
Caminhos quase sempre incertos
Imprevisível é viver



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 08h21
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Será Que é Isso O Que Eu Necessito?

Titãs

Quem é que precisa tomar cuidado com o que diz?
Quem é que precisa tomar cuidado com o que faz?

Será que é isso o que eu necessito?
Será que é isso o que eu necessito?

Ninguém fez nada, ninguém tem culpa.
Ninguém fez nada de mais, filha da puta!
Quem aqui não tem medo de passar o ridículo?
Quem aqui, como eu tem a idade de Cristo quando morreu?


Quem é que se importa com o que os outros vão dizer?
Quem é que se importa com o que os outros vão pensar?

Será que é isso o que eu necessito?
Será que é isso o que eu necessito?

Não sei o que você quer, nem do que você gosta.
Não sei qual é o problema seu bosta!
Quem aqui não tem medo de se achar ridículo?
Quem aqui, como eu tem a idade de Cristo quando morreu?



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 08h09
[] [envie esta mensagem] []


 
  

MANHÃ

 

Já não espero muito.

Talvez mais algumas manhãs com o sol matinal invadindo a cozinha e iluminando a fumaça que sai do bule de café fresco.

Alguma ligação de um amigo desaparecido há anos, avisando que está de volta e que precisa me contar por onde andou e o que viu.

O velho e leal cão dormindo no sofá só dele, sonhando com ossos e musica, sem raiva de gatos ou das pulgas.

E a certeza de que tudo é assim mesmo, simples.

Mas sem obviedades.

 

Que tudo, na vida.

É sem pressa.

Sem necessidade.

Sem retorno.

E que todos os movimentos, desde o começo, são no sentido da rua.

Do fim.

 

(Jarbas Capusso Filho)



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 09h27
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Manhã de Sol

Acordar e sentir o cheiro do café denso, denso como o gosto de cigarro na garganta. Um pigarro matinal clássico, com o dentifrício irritando o paladar (Kolynos não, Colgate). O seu beijo abrindo espaço na rotina, a xícara fria, um pão de queijo dividido.
Olho o sol em meio ao concreto e a minha indefinição: O que é afinal é essa sensação de tranqüilidade?
Tudo funciona a contento quando a gente transa de manhã. Parece que a ordem das coisas fica estática, até o cara do cachorro quente compra uma salsicha melhor (será?). Acabo cometendo delitos leves, atraso no trabalho e não ligo pra quem combinei de ligar. Chego na esquina e o velho amigo me olha com ar de aprovação, sorri pra camisa machada de macarrão, lembra do outro dia que bebemos e da piada, sempre há uma piada.
O telefone toca e a voz acalma a desilusão dos problemas não resolvidos, dos amores antigos guardados num canto empoeirado da cuca. E vai ser sempre isso? Eu não sei, não me preocupo com nada, pego um bilhete de metrô na calçada e ofereço pro pedinte que sorri, dois dentes a menos do lado esquerdo.
Encosto a cabeça na poltrona enquanto vejo à tardinha caindo, meio como você ficou com o cabelo caindo no meu rosto. Não acendo a luz, anoitece, e de repente me sinto seguro no escuro.
 
(Pierre Masato)


Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 09h16
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Charles Bukowski - Aqueles Bons e Raros Momentos

quando os deuses descansam
quando os cães se
calam,
voce sentado numa
espelunca Sushi
mandando ver nos palitinhos
entre duas grandes garrafas
de saquê
só que quietinho pensando
sobre todos os infernos
que você
sobreviveu,
provavelmente mais que
qualquer um
so que esses são seus
pra se lembrar.
Sobreviver é uma coisa
engraçada demais,
e doida.
Passando com segurança por todas
as guerras,
mulheres,
hospitais, xilindrós,
juventude,
meia-idade,
danças suicidas,
décadas
de nada.

Agora aqui
nessa espelunca Sushi
numa rua suburbana
de uma cidadezinha,
tudo passa à sua
frente
rapidamente
feito um filme
bom/ruim.

Há essa
estranha sensação
de paz.

Nem um carro na rua
passa,
nem um som.

Você segura os palitinhos
como se fizesse
isso há
séculos,
repare no pedacindo
de repolho na
borda do seu
prato.
aí, é isso aí,
todo aquele estilo,
graça,
caralho é tão
estranho
sentir-se bem por estar
vivo,
sem fazer nada
de mais
e sentindo
a glória
disso,
como um pleno
coral atrás
de você,
como as
calçadas,
como as
dobradiças.

cresce grama na Grécia
e até os patos
tiram uma siesta.



Tradução: Rodrigo Garcia Lopes
 
Roubei do Pierre.


Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 09h13
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Angeli

Chiclete com Banana

Angeli

Chiclete com Banana

Angeli

 

Chiclete com Banana

Angeli



 



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 09h00
[] [envie esta mensagem] []


 
  

No livro "Nirvana Nunca Mais",tem uma passagem belíssima,onde o personagem principal está num bar,falam pra ele que a Beth está de volta a cidade,Beth foi a garota que ela mais amou,aí todos os amigos dele começam a cantar essa música aqui:

KISS -BETH



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 23h19
[] [envie esta mensagem] []


 
  

"Leia, agora, como o extraordinário zagueiro argentino Roberto Perfumo, que abrilhantou o Cruzeiro entre 71 e 75, vê a diferença entre o jogador argentino e o brasileiro: "O jogador argentino é melhor, mas o brasileiro é tecnicamente mais dotado. Tem uma relação totalmente distinta com a pelota.
Nós a usamos mais para conseguir o objetivo, eles como prazer pessoal. E isso tem que ver com a vida, com a forma de ser. Para nós, o futebol é trágico, para eles, não"."

(Juca Kfouri) 



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 15h47
[] [envie esta mensagem] []


 
  

TEMPO DE DESPERTAR



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 06h02
[] [envie esta mensagem] []


 
  
Argentina, 14/06/2007 - Diretor Francis Ford Coppola assistiu à decisão

 

Coppola no primeiro jogo da final da Libertadores,Boca e Grêmio.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 02h06
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Ver jogador brasileiro comemorando gol é uma das coisas mais deprimentes que tem.

Aquelas coreografias ridículas,a dança do bebê,a dança da puta da mãe,o que é animal é ver isso aqui:

Argentina, 14/06/2007 - Gol de Riquelme já dava boa vantagem para os argentinos



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 00h13
[] [envie esta mensagem] []


 
  

"Alô?!"

"Alô?!"

"Você me conhece?!"

"Não."

"Então,por que você me xinga e fala mal da minha família?!"

"..."

"Já que você não tem a menor idéia de quem eu sou,posso falar uma coisa?"

"Fale."

PAU NO SEU CU,FILHO DA PUTA!!!



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 23h32
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Eu e a minha prima,Lu,dormimos a noite passada no hospital.

Fizemos companhia para a dona Raphaela Pellegrino.

Minha avó que foi uma grande pianista,uma vez o Mário de Andrade disse para ela,que ela poderia ser uma das melhores pianistas do Brasil.

Talento musical no sangue,seu irmão,o grande maestro Gabriel Migliori,vencedor da Palma de Ouro em Cannes pela música do "O Pagador de Promessas",entre outros prêmios que esse gênio recebeu.

Minha avó que fez tanto por nós,deve estar feliz em perceber quantas pessoas gostam dela,em quantas pessoas que vão visitá-la todos os dias.

Passei a madrugada conversando com a minha prima,lendo Rolling Stone,Placar,dando umas voltas no hospital deserto.

É um contraste incrível,do lado os bebês nascendo,do outro as pessoas doentes.

Minha garota me fez companhia também,ficamos nos falando ao telefone.Ela está triste,sofrendo,calma,amor,as coisas irão melhorar.

Lá pelas 8 da manhã,vi que estava passando na TNT um filme que uma vez minha mãe disse para eu assistir,Skip,sobre um garoto e um cão,algum dia eu alugo.

Outras madrugadas virão,outras dores,mas o que vale é minha avó apertando a minha mão na hora que eu estava voltando pra casa,querendo me agradecer... quem tem que agradecer somos nós.

Photo by Kaká



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 20h49
[] [envie esta mensagem] []


 
   Conjugal Fighters

Caco Galhardo




Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 15h26
[] [envie esta mensagem] []


 
  

 

Nos últimos filmes que eu tinha ido assistir com a Hadil,não tínhamos ficado satisfeitos com as películas,agora nesse acertamos em cheio.

"A Vida Secreta das Palavras" é um filme extremamente bonito.Tocante,poético.

Dirigido pela catalã Isabel Coixet,"A Vida Secreta..." aborda temas como a solidão,dores,guerra e relacionamentos.

Com atuações primorosas de Tim Robbins e de Sarah Polley,o filme nos faz mergulhar no encontro entre duas pessoas presas em seus passados.

Hanna,depois de 4 anos trabalhando sem nenhum dia de descanso,resolve tirar umas férias trabalhando(?) de enfermeira numa plataforma de petróleo,cuidando de uma vítima de queimaduras,Josef.

Músicas de Tom Waits,David Byrne,com personagens grandiosos e com um roteiro primoroso," A Vida Secreta das Palavras",provavelmente irá ficar bem pouco tempo em cartaz,na nossa sessão tinha 10 gatos pingados,mas se eu fosse vocês iria ver esse filme que passa muito rápido,apesar das 2 horas,vai ver que é que nem a vida.

http://www.youtube.com/watch?v=LaGzF9NLVrU



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 23h59
[] [envie esta mensagem] []


 
   La Vie en Rose

Adão Iturrusgarai



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 01h28
[] [envie esta mensagem] []


 
  

CONTA COMIGO

Querem um filme eterno?

Assistam hoje na Globo,às 3:15,horário ingrato,mas vale muito a pena.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 14h45
[] [envie esta mensagem] []


 
   La vie en rose

Adão Iturrusgarai

Conjugal Fighters

Caco Galhardo



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 14h41
[] [envie esta mensagem] []


 
  

TORMENTA



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h16
[] [envie esta mensagem] []


 
   Que seria legal o Grêmio vencer o Boca,seja lá como for,seria.O melhor se fosse com gol impedido,roubado,esses argentinos ganharam tantas partidas com a ajuda dos árbitros,que mereciam perder assim.Mas duvido que aconteça isso.O que ocorre é que na Argentina os juízes ajudam o Boca,chega aqui no Brasil eles apitam direitinho.

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h15
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Hoje,quando voltava pra casa,escutei uma mulher no ponto de ônibus:"vou dar a buceta,fazer a festa".

Fiquei pensando,já estou com isso na cabeça faz algum tempo,parece que as mulheres não são mais mulheres,viraram todas umas putas.

Todas tem que falar palavrão,todas tem que ser assim:homens.

Lutaram tanto para chegar onde os homens chegaram,igualdade,tal,para o que? para se tornarem piores do que os homens.

Aí fica difícil.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 00h18
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Tua Canção

Barão Vermelho

Composição: Frejat/Sérgio Serra




Te faço uma canção

Tão Antiga e tão bonita

Não tem queixa e nem ferida

É proteção prá toda a vida

Porque você entende meus sonhos

Teu sexo tem o gosto que eu gosto

Tua boca, carne, tua saliva

Faz a minha carne mais viva



Então eu faço esse carinho

E assim fico menos sozinho

Meu coração não chora mais
Na ponta de qualquer espinho


Hum... Hum... Hummmm...


Não tenha medo do futuro

Do escuro ou da hora de acordar

Dorme em paz amor o tempo
que a minha canção soar

E não deixe de sonhar
Com o possível e o impossível

No amor é quase sempre assim
Tudo imprevisível

Não deixe de sonhar


Tudo imprevisível



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 00h12
[] [envie esta mensagem] []


 
  
sofro da amnésia
das fechaduras trocadas
minha existência
é um parabéns
que da primeira estrofe
pula-se pro refrão
por pura falta de jeito
como se nunca tivesse havido
as tardes
um jogador de rugby aposentado
treinando socos num jeans
endurecido pelo sol
burlando a segurança
pra ejacular numa tela de Hopper
um punk caminhando sozinho me comove
como uma amiga mastigando urnas
eu sou um mímico de rádio
o ápice de um alarme falso

(Praça Roosevelt, outono de 2007.)
 
Sergio Mello


Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 14h17
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 14h14
[] [envie esta mensagem] []


 
  

AUSENTE POR ALGUNS MINUTOS

Você fala em casamento,eu penso em liberdade.

Você me fala em ser homem,eu penso que nenhum homem pode te amar mais do que eu.

Você fala em filhos,eu penso naquele filme.

Você me fala de religião,eu penso na minha avó naquela cama de hospital.Nos olhos dela me reconhecendo.Nela nos abençoando.

Eu paro para pensar,para que as lágrimas dêem um tempo.

Você me fala de sofrimento,eu penso naqueles filhotes de cachorro que brinquei.Aquele Schnauzer salvou meu dia.

Você me diz para eu ser sério,penso em dar risada.

Agora pouco você me disse que sua mãe foi parar no hospital,não sei o que dizer.Só sei que faz tempo que não falo com a minha.

Você se preocupa com julgamentos,eu tô pouco ligando pra eles.

Você me fala em dinheiro,eu penso na morte.

Você me fala em trabalho,eu penso em fazer amor com você.

Você me fala em almoços de família,eu penso em destruir tudo ao som do  rock and roll.

Você me fala da guerra,eu penso nos meus amigos.

Na sensação de estar vivo quando vejo alguns amigos felizes.

Você me fala que não estou interessado,eu tô comprando as alianças.

Você quer falar ao telefone,eu estou lembrando daquele gol do Evair.

Você reclama que estou quieto,que não falo nada,estou pensando no casamento.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 22h17
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Acabei de ver o filme "Ponto de Encontro".É a primeira direção do Steve Buscemi.

Hayden - Trees Lounge



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 22h07
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Não gosto muito de samba,mas essa letra aqui é a minha cara(rs).

 

Devagar, Devagarinho

Martinho da Vila

 




É devagar

É devagar
É devagar é devagar devagarinho

É devagar

É devagar

É devagar é devagar devagarinho

Devagarinho é que a gente chega lá
Se você não acredita você pode tropeçar

E tropeçando o seu dedo se arrebenta

Com certeza não aguenta

E vai xingar

refrão


Eu conheci um cara

Que queria o mundo abraçar
Mas de repente deu com a cara no asfalto

Se virou olhou pro alto

Com vontade de chorar

refrão


Sempre me deram a fama

De ser muito devagar

E desse jeito vou driblando os espinho

Vou seguindo o meu caminho

Sei aonde vou chegar



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 22h06
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Finalmente,assisti ao filme que o Pierre me emprestou.

Cool!



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 05h07
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Para o Rodrigo

Purple rain nos ouvidos do headbanger.

A felicidade que me alegra.

Voltando de ônibus segurando a raiva na mão e a dor na outra.

Tudo dará errado,se você fizer as coisas certas.

Mosh,meu amigo.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 00h29
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Springsteen - Jungleland



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 14h49
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Bruce Springsteen - Atlantic City 1985



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 14h40
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Homem não chora

Frejat

Composição: Frejat/Alvin L.

Homem não chora
nem por dor
nem por amor
e antes que eu me esqueça
nunca me passou pela cabeça
lhe pedir perdão
e só porque eu estou aqui
ajoelhado no chão
com o coração na mão
não quer dizer
que tudo mudou
que o tempo parou
que você ganhou

Meu rosto vermelho e molhado
e só dos olhos pra fora
todo mundo sabe
que homem não chora

Homem não chora
nem por ter
nem por perder
lágrimas são água
caem do meu queixo
e secam sem tocar o chão
e só porque você me viu
cair em contradição
dormindo em sua mão
não vai fazer
a chuva passar
o mundo ficar
no mesmo lugar

Meu rosto vermelho e molhado...



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 14h28
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Eu espero que as pessoas consigam encontrar alguém que pelo menos se preocupem com elas.

Feliz dia dos namorados!



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 14h26
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Bruce Springsteen - The River (LIVE in NY)

,html>

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 23h21
[] [envie esta mensagem] []


 
  

 

 

Uma das torcidas organizadas mais legais do Palmeiras,encerrou suas atividades.

Acadêmicos da Savóia.

Por pressões,ao que tudo parece ,de outras torcidas,mais precisamente da TUP.

Que ridículo!

Torcidas de um mesmo time se confrontando.

A Savóia tinha objetivos diferentes.Existia a "Savóia Feminina",a "Savóia Mirim".

É foda.

Uma vez entrei lá,fui comprar um adesivo,conversei com um dos diretores,gostei muito do cara.Da filosofia,de resgatar os valores do Palestra/Palmeiras.A tradição,a história.

Mesmo porque a Savóia antigamente era a Sinal da Cruz,aquela torcida que só foi criada para a Série B,com a volta do verdão a elite,a Sinal da Cruz se desfez e deu origem a Savóia.

No mesmo dia que comprei o adesivo da Acadêmicos da Savóia,comprei o da TUP,estão colados um do lado do outro no vidro do meu quarto.

Por que não é assim na vida real?

A TUP se sentiu ameaçada por não ser mais a segunda maior torcida organizada do Palmeiras?

Ah,façam o meu favor!

Que deixem de ser palmeirenses,porque uma torcida nunca pode ser maior que um clube.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 08h01
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 07h40
[] [envie esta mensagem] []


 
   Juntar 3,5 milhões de pessoas para protestar contra essa roubalheira,contra toda essa merda que existe aqui no país parece ser difícil,mas quando se trata de outra coisa...

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 07h27
[] [envie esta mensagem] []


 
  
Nadal,Guga e Federer

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 07h22
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Sábado,encontrei meu amigo Enéias no Centro Cultural.

Trocamos algumas ideías,O Jordão também estava por lá.Disse para a gente assistir "A Claque".

Na madrugada passei ouvindo a Kiss fm,rádio muito boa nesse horário.Entre Neil Young,Led Zeppelin,Velvet Underground e outras músicas,eu relia o "Nirvana nunca mais",livro legal para caramba,não sei se o Randall já leu.Um advogado que tinha uma banda e etc etc.

Domingo,o Nelsão passou aqui na minha casa,veio assistir a partida do Federer contra o Nadal.

O espanhol arretado venceu pela terceira vez o torneio da França.

A merda é que a transmissão tava uma bosta.O coisa zicada! Duas semanas de uma imagem perfeita,chega a final,a imagem ficou terrível.Vai se fudê.Deve ser sabotagem do pessoal da Globo.

Custei para adormecer,acabei pegando no sono às 7:00,quando olho para o despertador já era 9:15, o horário que tinha combinado com o Nelson.Voei até a Sé.

Quando ia tirar uma cochilada,meu pai me liga e pede para eu ir até a casa da minha tia,pois minha avó que tinha acabado de sair do hospital,estava mal.

Isso eram umas 16 horas.

Cheguei na minha tia,todos estavam com os olhos cheios de lágrimas.

A ambulância levou minha avó.

Demorou muito para ela ir para um quarto.

Médicos imbecis,deram alta para ela,só para  poder vagar um quarto.Ela estava sem condições,por isso chegou na casa da minha tia e começou a passar mal e teve que retornar ao hospital.

Quase 4 horas de espera,(isso porque ela tem plano médico) até conseguir subir para o leito.

Umas 11 horas da noite cheguei na minha casa.Meu pai ficou lá,mais de 24 horas sem dormir junto com a sua mãe.

Espero que amanhã ela melhore.

Tinha uma muçulmana lá no hospital,lembrei da minha mina,espero poder matar a saudade dela e nós irmos visitar a minha avó.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 22h59
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Raquel (D.D.D.)

Sérgio Britto

 

Estou pensando em você
O tempo não passa
Aqui neste quarto de hotel
Eu sinto a tua falta
Estou pensando em nós dois
Aqui neste quarto
E mais que ouvir tua voz
Queria ter-te ao meu lado

Aqui já passa das três e o dia está lindo
Mas nem dez mil dias assim vão matar a saudade que eu sinto

Estou pensando em você
O tempo não passa
Aqui neste quarto de hotel
Eu sinto a tua falta

Estou pensando em nós dois
Aqui, eu comigo
Nem as quatro paredes do quarto do hotel
Escutam o que eu digo

Te ligo mais tarde outra vez, te conto o meu dia
Parece tão perto a tua voz, mas não tão perto quanto eu queria

Estou pensando em você
O tempo não passa
Aqui neste quarto de hotel
Eu sinto a tua falta

Te ligo mais tarde outra vez, te conto o meu dia………

Estou pensando em você
Não sei se preciso
Mais dos teus olhos cor-de-mel
Ou do teu sorriso.


type=text/javascript>

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 22h23
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Essa,vai para o Enéias

 

Ainda Vamos Aprender A Tocar Bossa-nova

Garotos Podres

 

Ainda vamos aprender a tocar
Quando os barquinhos da Bossa-Nova
Integrarem a Esquadra Revolucionária
Aí nós vamos aprender a tocar...

Ainda vamos aprender a tocar
Ainda vamos tocar Bossa-Nova
Quando a garota de "Ipanema"
Vestir o macacão e ir pra fábrica
Produzir tratores para o campesinato
E ainda comandar o Regimento da Guarda-Vermelha

Aí nós vamos aprender a tocar
Aí nós vamos tocar Bossa-Nova

Ainda vamos aprender a tocar
Ainda vamos tocar Bossa-Nova

Ainda vamos aprender a tocar
Ainda vamos tocar Bosta-Nova



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 19h53
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Esqueci de comentar no texto abaixo,que o manezinho da ilha,Gustavo Kuerten,está comemorando 10 anos da conquista do primeiro título em Roland Garros.

10 anos?

E o tênis brasileiro continua na mesma.

Atletas como o Guga,é 1 em um milhão.

Aller Guga!!!



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 12h27
[] [envie esta mensagem] []


 
  

FEDERER E NADAL

Roland Garros,2007.

Nona final entre esses dois gigantes.

Nadal,leva vantagem de 5 a 4 em decisões.No confronto geral,o espanhol também é melhor,7 a 4.

Será que Roger Federer irá completar o Grand Slam?

Será que Rafael Nadal vai levar o terceiro título seguido no aberto da França?

Vamos acompanhar no domingo,a partir das 9:30,com transmissão da Espn.

O suiço(número um no ranking de entrada) disse que Nadal é o número 1 do mundo no saibro.E é a pura verdade,além disso,Nadal é o melhor da temporada,no ranking corrida dos campeões,ele é o primeiro colocado.Aliás,esse ranking é o mais correto,na minha opinião,porque o ranking de entradas,acho que nem os jogadores entendem.Provavelmente nunca irá mudar,é um ranking clássico na história do tênis.

No último confronto entre os dois,no saibro,Federer venceu o Master Series de Monte Carlo.

Rafael,quando foi campeão do Master de Hamburgo,pediu a camisa de Roger autografada.

Será mais uma final espetacular.

O troféu será dado pelo Guga,não é animal?!



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 23h41
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Que regra escrota essa de gol fora de casa.

O Santos jogou pra caralho contra o Grêmio,acabei torcendo que nem um louco para o peixe,fiquei nervoso.

O quarto gol do Santos seria muito bom para o futebol,eu digo para quem gosta de emoção,de jogos inesquecíveis,de jogos eternos.

O resultado mais justo não seria o jogo ir para os pênaltis?

O time gaúcho venceu a primeira,o peixe a segunda,por causa dessa regra ridícula,um time que não venceu nenhuma partida fora, está na final.

Vai ser um puta jogo:Grêmio e Boca.

Boca Jr em busca do seu sexto título,o tricolor gaúcho em busca do terceiro.

Dos 5 títulos do Boca,3 foram em cima de brasileiros.

Infelizmente,um deles foi em cima do meu amado Palestra.

Com aquele roubo escandaloso lá na Argentina.

Andei pensando,se em 99 essa regra do gol fora de casa fosse utilizada,o Palmeiras teria perdido a final contra o Desportivo Cáli.

E se essa regra lá nos anos 60 fosse a mesma,o verdão teria sido campeão,já que em 1968,o Palmeiras perdeu a primeira partida para o Estudiantes de 2 a 1,e venceu a segunda por 3 a 1,mas naquela época era decidido em 3 partidas.Que merda.

Diz a lenda que o time do Palmeiras foi vendido.

O pior for ter disputado a partida final,a derradeira no Uruguai,dirigentes espertos,é lógico que tinha mais argentinos.

Vai ser de arrepiar essa final da Libertadores 2007,nem sei para quem torcer...

No jogo Santos e Grêmio,em princípio,eu iria torcer para o time do sul,mas no calor da decisão,acabei mudando de lado,vamos ver o que vai acontecer na final.

**************************************************************************

E o Zé Roberto,hein?!

É um craque,mas sair agora? não vai jogar mais pela seleção?

Os jogadores renegando a seleção?

Queria ter vivido nos tempos áureos do futebol.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 18h05
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 02h20
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 02h18
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Dei muita risada hoje assistindo ao Rockgol 2007.

Olha só o nome dos times:

   Bígamo de Kiev 

   Fenerbafo

   Once Pêssegos em Caldas

   Bayern de Recife 


   Chelsicha


   Olympique do Marcelo

 

   Yokohama Japs


   Horríver Prata


   Milanesa


   Semsunga Bluewings


   Los Angeles Landau


   Real Birigui

 



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h30
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Subúrbio Operário

Garotos Podres

Nasceu num subúrbio operário,
de um país subdesenvolvido,
apenas parte da massa,
de uma sociedade falida,
submisso a leis injustas
que o fazem calar.
Manipulam seu pensamento
e o impedem de pensar
Solitário em meio a multidão
sufocado pela fumaça
rodeado pelo concreto
Perdido no meio da massa
apenas caminhando
no compasso de seus passos
seu grito de ódio
ecoa pelo espaço
Sem esperança de uma vida melhor
pois os parasitas, sugam o seu suor
Sem esperança de uma vida melhor
pois os parasitas, sugam o seu suor
Sobrevivendo das migalhas
que caem das mesas
os donos do papel,
os donos do papel!!!



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 00h30
[] [envie esta mensagem] []


 
   Boa viagem,amor!

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 02h48
[] [envie esta mensagem] []


 
   Nós não somos violentos,nosso revide,esse sim é violento(Mancha Verde).

Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 04h06
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Minha Renda

Plebe Rude

 

Você me prometeu um apartamento em Ipanema
Iate em Botafogo, se eu entrasse no esquema
contrato milionário, grana, fama e mulheres
a música não importa, o importante é a renda!

Ambição - grana, fama e você
Ambição - grana, fama e você

Tenho que fazer sucesso antes que seja tarde
Eles acham que eu vendo, eu tenho uma boa imagem
o meu produtor, ele gosta de mim
grana vale mais que a minha dignidade

Tocar no Chacrinha ou na televisão
tudo isso ajuda pra minha divulgação
isso quer dizer mais grana pra produção - e pra mim!

Você me comprou, pôs meu talento a venda
você me ensinou que o importante é a renda
contrato milionário, grana, fama e mulheres
a música não importa, o importante é a renda!

Ambição - grana, fama e você
Ambição - grana, fama e você

Ele trocam minhas letras, mudam a harmonia
no compacto esta escrito que a música é minha
ja sei o que vou fazer pra ganhar muita grana
vou mudar meu nome para Herbert Vianna

Estar no Chacrinha ou na televisão
tudo isso ajuda pra minha divulgação
isso quer dizer mais grana pra produção - e pra mim!

Grana, fama e você!

Um lá menor aqui, um coralzinho de fundo (fundo!)
minha letra é muito forte? Se quiser eu a mudo
e tem que ter refrão (sim!) um refrão repetido (repetido!)
pra música vender, tem que ser acessível!

Ambição - grana, fama e você
Ambição - grana, fama e você

Não sei o que fazer, grana tá difícil
tenho que me formar e nem escolhi um ofício
Você é músico, não é revolucionário!
Faça o que eu te digo que te faço milionário!

Estar no Chacrinha ou na televisão (a minha renda)
tudo isso ajuda pra minha divulgação (a minha renda)
isso quer dizer mais grana pra produção - e pra mim!

A minha renda!

 

A Ida

Plebe Rude

 

Quem tem a razão?
um burocrata ou um padre com o envangelho em mãos
Um momento instante então
palavras não justificam a ida em vão

Esclarece por favor
o que é tão temido só acontece com os outros
O que você fa --- ria?

Justiça é tão bela
se funcionasse só uma vez
a lei não recussita
burocratiza o que eu já sei

Eu só sei... a ----- deus

Quem escutar então?
Delegado ou jurista, relatório em mãos
ou um padre e seu sermão
um toque divino não é explicação

Esclarece por favor
o que é tão temido só acontece com os outros
me mostre então, a ida sem razão

Uma crença ajudaria
se amenizasse só uma vez
se ter fé for a saída
quem sempre teve foi embora de vez

Eu só sei... a ----- deus

Aceitar ou não?
Crença nenhuma justifica a ida em vão
sua papelada então?
Do que adianta tantas folhas sem conclusão

Esclarece por favor
o que é tão temido só acontece com os outros
me mostre então, a ida sem razão

Luzes

Plebe Rude

 


Luzes que piscam, gritam e avisam

que chegou a hora que voce sonhou, São

anos de espera, que chegam ao fim , um

frio na espinha apesar do calor

Voce se esforça para aparentar

Toda calma que lhe falta, o
medo te assalta, tudo pode dar errado voce

está apavorado, voce está em panico

Mas agora nao tem volta, algo te impulsiona, e as

luzes coloridas não param de piscar



Nos seus sonhos, tudo era perfeito

Rodolfo Valentino não faria melhor

Nos seus sonhos tudo era perfeito

Giovanni Casanova não faria melhor




Voce olha seus amigos, que riem à vontade,

Porque voce nao pode ser assim, por
tras do sorriso, se esconde o medo, e

ele é tão grande quanto esse seu
Voces tentam agir de maneira casual

como se isso fosse corriqueiro e banal

A verdade transparece no rosto de voce,

é mais que ululante, porque é a primeira vez, e

Agora que acabou ,voce nem reparou

Que as luzes nao piscam com a mesma intensidade




Pressão Social

Plebe Rude

 

Há uma espada sobre a minha cabeça
É uma pressão social que não quer que
eu me esqueça

Que tenho que estudar
que eu tenho que trabalhar
que tenho que ser alguém
não posso ser ninguém

Há uma espada sobre a minha cabeça
É uma pressão social que não quer que
eu me esqueça

Que a minha vitória é a derrota dele
e o meu lucro é a perda de dele
que eu tenho que competir
que eu tenho que destruir

Há uma espada sobre a minha cabeça
É uma pressão social que não quer que
eu me esqueça

Que eu tenho que conformar
conformar é rebelar
que eu tenho que rebelar
rebelar é conformar

E quem conforma o sistema engole
e quem rebela o sistema come

E quem conforma


 



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h50
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Alien

Bush

 

The satalite comes and goes
we give each other all we know
in silence we still talk
by the light of the stereo we waltz
and will you rain down
in your cinematic love truck
gonna hold you like
nothing's gonna stop us

and she comes to take me away
she's all that i needed
i dont breathe another lover no

flicker on the tv screen
everything's more then it seems
mighty backward fall
we stare at the light on the wall
and i sware to this
she felt like velvet
second blonde child
like velvet, velvet

and she comes to take me away
i dont breathe another lover

i'm an alien
you're an alien
it's a beautiful rain, beautiful rain
i'm an alien
you're an alien
it's a beautiful rain, beautiful rain
i'm an alien
you're an alien
it's a beautiful rain, beautiful rain,beautiful rain
beautiful
beautiful

when she come around again

when she come around again
around again
around again
around again

i'm an alien
you're an alien
it's a beautiful rain, beautiful rain
i'm an alien
you're an alien
it's a beautiful rain, beautiful rain



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h47
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Disneylândia

Titãs

 

Filho de imigrantes russos casado na Argentina
Com uma pintora judia,
Casou-se pela segunda vez
Com uma princesa africana no México

Música hindú contrabandiada por ciganos poloneses faz sucesso
No interior da Bolívia zebras africanas
E cangurus australianos no zoológico de Londres.
Múmias egípcias e artefatos íncas no museu de Nova York

Lanternas japonesas e chicletes americanos
Nos bazares coreanos de São Paulo.
Imagens de um vulcão nas Filipinas
Passam na rede de televisão em Moçambique

Armênios naturalizados no Chile
Procuram familiares na Etiópia,
Casas pré-fabricadas canadenses
Feitas com madeira colombiana
Multinacionais japonesas
Instalam empresas em Hong-Kong
E produzem com matéria prima brasileira
Para competir no mercado americano

Literatura grega adaptada
Para crianças chinesas da comunidade européia.
Relógios suiços falsificados no Paraguay
Vendidos por camelôs no bairro mexicano de Los Angeles.
Turista francesa fotografada semi-nua com o namorado árabe
Na baixada fluminense

Filmes italianos dublados em inglês
Com legendas em espanhol nos cinemas da Turquia
Pilhas americanas alimentam eletrodomésticos ingleses na Nova Guiné

Gasolina árabe alimenta automóveis americanos na África do Sul.
Pizza italiana alimenta italianos na Itália

Crianças iraquianas fugidas da guerra
Não obtém visto no consulado americano do Egito
Para entrarem na Disneylândia



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h43
[] [envie esta mensagem] []


 
  

não tirem as crianças da sala

 

para Ademir Assunção


a caravana dos hooligans poets
tomou de assalto a cidade
armados de megafones, latas de tinta,
centenas de folhas de papel,
cortaram todos os cabos de energia,
todos os fios da telefonia,
king kongs na selva de concreto

derrubadas todas as torres,
todos os meios de comunicação
são reféns da arte escrita
meninos malabaristas das esquinas,
vendedores ambulantes,
guardas, bancários e até professores
formam agora a audiência na cidade vencida

a caravana dos hooligans poets
ligou todas as luzes da avenida Paulista
as palavras agora estão voando,
são estilhaços de granadas,
todas as novas poesias do milênio
são estrelas no asfalto,
supernovas explodindo o coração da cidade
 
(Pierre Masato


Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h40
[] [envie esta mensagem] []


 
  

so sorry

Por mais que o tempo passe, o meu coração ainda ruge selvagem

quero cantar a canção dos sem lar e sem futuro

que venha a tempestade, cairei aos pés da vil estátua da justiça, da liberdade

o mundo se despedaça, sigo em frente, fúria nos olhos, angústia na mente,

destemor no coração
 
(Pierre Masato)


Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h37
[] [envie esta mensagem] []


 
    

A RAIVA

a raiva é implacável. me arrancou da cama e me jogou contra a parede. me fez rolar escada abaixo e me atirou rosas, granadas e carrinhos de bebê. a raiva me quer na rua, por isso me fez ouvir torch songs nos bares prediletos e tocou fogo na minha casa. a raiva esticou minha perna e me fez pressionar o acelerador, me fez derrubar semáforos e me jogou sobre um leito de hospital. a raiva me internou e ocultou meus diagnósticos. a raiva matou meu melhor amigo numa igreja às 6 da tarde num sábado de sol, a raiva tava de collant preto, com uma Uzi numa mão e arroz na outra. a raiva é irônica e destrincha perus na noite de natal. a raiva redigiu meu epitáfio com uma frase de efeito. a raiva é cuidadosa, por isso me jogou na cadeia, me espancou e me fez confessar a cor das cortinas da casa dela. a raiva sabe como fazer as coisas. me serviu ópio e haxixe e disse que estava tudo bem. a raiva toca notas dissonantes e anda sempre de preto. a raiva me chamou de Bob Sands e depois gargalhou sadicamente. assim ela é. a raiva me fez dormir em pensões escrotas. a raiva respira pela boca e anda pelo corredor enquanto os anjos dormem. a raiva sabe o momento certo de te apertar o pescoço. a raiva é paciente e sincera. a raiva ri da minha cara. a raiva faz negócios com mercadores europeus. a raiva importa armas químicas e anda com cahorros felpudos nas mesmas calçadas que você. muito cuidado com a raiva. a raiva jogou boliche com meu amigo Charles, ela disse a ele que a diet Coke é o sêmem do mal. a raiva é histérica e transforma banalidades em manchetes internacionais. a raiva me bateu com uma Magnum 357 no rosto. a raiva me quer vivo, por enquanto. a raiva decide o teu destino. a raiva escondeu os preservativos. a raiva fez um pacto de sangue com os burocratas das mesas invernizadas. a raiva mistura água com vinho e não quer os meninos nas portas das vernissages. a raiva é gorda e mal amada. a raiva não tem sexo. a raiva dorme sozinha e lê suplementos dominicais. a raiva perdeu o trem e ficou por aqui. a raiva é um espectro sobre colchoados controlando nossas vidas pelos aparelhos de tv. a raiva anda em sedãs vermelhos e recebe os caras pela porta dos fundos. a raiva me serviu leite e maionese e disse que era pro meu bem. a raiva é cheia de subterfúgios. a raiva me cortou a face com lâmina de barbear. a raiva fez a imagem se formar antes da minha retina. a raiva escreve da direita pra esquerda e de cima pra baixo e fala em cinco idiomas. a raiva dança sons africanos. a raiva vomitou no meu prato e quebrou os joelhos da minha mãe. a raiva tomou uma overdose e não morreu. a raiva é imortal. a raiva confundiu as teclas da minha máquina de escrever. a raiva me fez mendigar um litro de vinho no coração da cidade. a raiva corroeu meu fígado. a raiva fez meus amigos se voltarem contra mim. a raiva se vestiu de púrpura. a raiva é um vírus mortal. a raiva anda de cadeira de rodas. a raiva me abraçou e me beijou na boca. eu acreditei nas suas boas intenções. a raiva me levou pra cama e me entupiu de frisium. a raiva carrega ordens judiciais no bolso do paletó. a raiva faz tudo em nome da lei. a raiva é onipotente e onipresente. a raiva sabe onde me escondo. a raiva estuprou minha garota numa banheira e depois a esfaqueou repetidas vezes. a raiva tem olhos vermelhos. a raiva tomou conta de mim. eu estou a caminho. é melhor limpar a área.

(Mário Bortolotto)




Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h36
[] [envie esta mensagem] []


 
  

TEM...MAS ACABOU

Depois de muito tempo fui até à locadora(acho que chama-se:"Taz" mas não tenho certeza,porque já mudou de nome e lugar,várias vezes).

A dona,"Dona Cléo"grande pessoa(apesar de 1,50m) e senhora,é uma grande figura.Amazonense,69 anos,batalhadora e parece que fez faculdade de história.

Bom,mas infelizmente não estava,porque está meio doentinha.Quem me atendeu-já o fez antes-é uma outra figurinha ímpar,seu filho.Não sei o seu nome(já devo ter perguntado...)ele é um ex-estudante de Medicina que largou o curso por motivos que já me explicou mil vezes de mil maneiras e até agora não entendi nada...Ele tem o lábio leporino e por isso,fala meio gozado(com todo respeito,sem ironia).

Levei uma lista de últimos bons-acho!-filmes brasileiros.

Perguntei-lhe:tem o "Quando meus pais saíram de férias?daí,ele respondeu:"ah,sei,bom filme!Vou pegar sexta-feira"-ok...-e continuei:e o "O Maior amor do mundo"?respondeu:"nossa,nunca vi filme mais caro,120 reais!Vou pegar sexta junto com o "Meu pai saiu de férias(?!)-continuei,agora já pasmo:e "O Céu de Suely"?-e a resposta:"putz...fique tranquilo(?!!) a semana que vem eu pego pra você o "Show de Suely"???!!

(Vicente Pellegrino)

 



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 01h38
[] [envie esta mensagem] []


 
  

O CARTEIRO E O POETA



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 00h16
[] [envie esta mensagem] []


 
  

TEMPO DE GLÓRIA



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 02h59
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Oi, Tudo Bem?

Garotos Podres

- Oi, tudo bem?
- Tudo Bem...
...Fora o tédio que me consome,
todas as 24 horas do dia,
fora a decepção de ontem a decepção de hoje,
e a desesperança crônica no amanhã,
tenho vontade de chorar,
raiva de não poder,
quero gritar até ficar rouco,
quero gritar até ficar louco,
isso sem contar com a ânsia de vômito,
reação a tal pergunta idiota
...Fora tudo isso, tudo bem.



Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h36
[] [envie esta mensagem] []


 
  
quinta-feira, 31 maio 2007

Há algo no ar de Roma: cocaína
ROMA (Reuters) - Um grupo de cientistas descobriu partículas de cocaína e maconha, além de cafeína e tabaco, no ar da capital italiana, disseram eles na quinta-feira.
ROMA (Reuters) - Um grupo de cientistas descobriu partículas de cocaína e maconha, além de cafeína e tabaco, no ar da capital italiana, disseram eles na quinta-feira.
A concentração das drogas no ar foi mais alta em volta da universidade de Roma Sapienza, mas o médico Angelo Cecinato, do Conselho de Pesquisa Nacional, advertiu contra tirar conclusões sobre os hábitos dos alunos.
Os pesquisadores caracterizaram seu estudo como "o primeiro do mundo a mostrar a presença de partículas de cocaína suspensas na atmosfera da cidade", e disseram que utilizaram amostras de Roma, da cidade de Taranto, no sul da Itália, e da capital argelina Argel.
Nicotina e cafeína foram detectados em todas as três, "mostrando como está difundido o consumo dessas substâncias e como elas permanecem na atmosfera", disseram os cientistas em comunicado.
A concentração de cocaína na atmosfera de Roma foi de no máximo apenas 0,1 nanograma por metro cúbico (1 nanograma é um bilionésimo de grama) durante os meses de inverno, disseram os pesquisadores. Mas as conclusões são preocupantes para a saúde pública.
"É bem documentado que mesmo pequenas concentrações desses poluentes no ar podem prejudicar seriamente a saúde", disse o médico Ivo Allegrini, do Institulo para Poluição Atmosférica do CNR.
(Por Stephen Brown)


Escrito por PEDRO PELLEGRINO às 03h16
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Homem, de 26 a 35 anos

HISTÓRICO



OUTROS SITES
 Hadil(My girl)
 Consigliere Rodrigo Macaco Louco(meu irmão Headbanger)
 Mário Bortolotto(Escritor Frontman-Touro Indomável)
 Cemitério de Automóveis
 Enéias(Blues Brother)
 Pierre ( Rock & Roll Brother)
  Anselmo Bactéria(Don Bactone)
 Fernanda D'Umbra(Atriz e cantora)
 Juliano Barata(amigo das antigas)
 Daniel Shinzato(santista)
 Lucio Fonseca(músico)
 Sergio Mello(poeta-dramaturgo)
 Kaká(Primo metaleiro fotógrafo)
 Rubens K(Baixista)
 Carola Medina(amiga torcedora do Flu)
 Márcio Américo(menino de Kichute)
 Régis Trovão
 Scream & Yell
 Ronaldo Ventura
 London Calling
 London Burning
 Alessandro Robocop
 Mundo Rock
  Foto blog da Talita
 Dynamite
 Fernando Meligeni
 Rock Press
 Pipoca
 Adoro Cinema
 Set
 Paulinho Pankada (Ator e lutador)
 Web Cine
 Cinéfila de Plantão
 Jarbas Capusso Filho(Dramaturgo e corinthiano)
 Tênis
 Guga
 Chacal
 Sepultura
 Claustrofobia
 Mukeka di Rato
 Ratos de Porão
 Provocações
 Musikaos
 Blog da Soninha
 Mancha Verde
 Forza Palestra
 Palestrinos
 Charges
 Porteiro Zé
 Espn Brasil
 Paulo F(oda)
 Randall Afudê
 Espaço Rap
 Brasil 2000
 Jarbas e Silvia
 Velvet
 Lúcio Ribeiro
 Rabisco
 Hangar 110
 Outs
 2001
 Titãs
 Mix
 Matanza
 Raimundos
 Folha de S.Paulo
 Jornal da Tarde
 Estado de S.Paulo
 Lance
 Gazeta Esportiva
 Jovem Pan Am
 Bandeirantes Am
 Presto ?
 Nação Zumbi
 Cordel do Fogo Encantado
 Kiss Fm
 Rock Brigade
 Roadie Crew
 Comando Rock
 Real Hip Hop
 Ferrez
 Rap Nacional
 Fábio Santiago
 Caju&Castanha
 Cachorro Grande
 Forgotten Boys
 Marcio Baraldi
 Wander Wildner
 Replicantes
 Luana Vignon(poeta)
 Fabiana Vajman(atriz)
 Douglas Kim
 Jotabê Medeiros
 Nelson Peres(ator tricolino)
 Xico Sá
 MaicknucleaR( o faz tudo)
 Fernando Cesarotti
 Ricardo Carlaccio(Carcamano escritor)
 Marcilio-Jay-Z(Programa Freestyle)
 Daniel Sanchez(caricaturista)
 Daniel Cavana(Dani-boy)
 Paulo de Tharso(Picanha)
 Silvia de Almeida
 Satyros
  Paula Santa Klaus
 Brabera no Talo
 Parasite Files
 Marcelo Montenegro(O Poeta Iluminador)
 Laerte Mello(Goleiros e Quitutes)
 Manga(Cássio)
 Marcinha(prima)
 Lasanha
 Observatório Verde
 Estádio 97
 MTV
 Danielli Avila
 Flavinho Vajman(Gaitista Fudido)
 Bruna Beber(poesia)
 Flávio Saretta
 Carlos Carah
 Zé Mishima
 Nick Farewell(Cassady)
 Eliane Bortolotto
 Paulo Cleto
 Carcarah
 Diller(relógios,brindes)
 Tênis News
 Fabiano Possi
 Turma da Mônica
 Rolling Stone
 Clarah Averbuck
 Moisés Del Buono
 O Chiqueiro(Charges)
 Camilla Lopes
 Orlandeli
 Malvados
 Rádio Ipanema
 Rádio Unisinos
 Rockets
 Rádio Caos
 Arabesq(Portal da comunidade árabe)
 Rádio Backstage(Vitão Bonesso)
 Tênis Blog
 MotoRocker
 Stay Heavy
 Rádio Corsário
 Metal ao Extremo
 José Nilton Dalcim
 Fabrizio Gallas
 Menon
 Território Eldorado(Paulera)
 Roberto Maia(Homem-Enciclopédia)
 Kid Vinil
 Dá Rádia(Marcilião e Priscila)
 One Hit Band(Daniel e + uns malucos)
 Crônicas da Vida Privada
 Cruz de Savóia
 Mayra
 Jornal "Centro em Foco"
 Joeli Pimentel
 Impedimento
 Maglia Verde
 As Mil Camisas
 Ademir Muniz
 Bruno Bandido
 Academia dos desenhistas
 Douglas Kim
 Fábio Brum(guitar hero)
 Pagotto
 Bandidos do Cine Xangai
 Torcidas




 

Pedro Pellegrino

Criar seu atalho